O Que Eles Um Dia Não Tiveram Vergonha De Fazer. E Continuam...

09 abril, 2017

Eliseu A Caminho Do Sporting.

em  


Eliseu já percebeu que não conta para o Benfica para a próxima época (“está mais do que gasto”, diz-se pela Luz) e, vai daí, ele e o seu empresário já têm o futuro quase tratado. E esse futuro deve passar pelo Sporting, para voltar a trabalhar com Jorge Jesus, com quem tem conversado. A ideia do treinador é simples: na próxima época, será mesmo forçado a pôr mais juventude em campo e um lateral como Eliseu (mesmo sem a velocidade de outros tempos) aportará ao plantel um capital de experiência que Jesus muito privilegia. Para além disso, as opções atuais para o lado esquerdo, Marvin Zeegelaar (que rejeitou o Norwich em janeiro) e Jefferson, são para descartar em 2017/18.

No meio de tudo isto poderia haver um problema, o facto de Eliseu ser representado por Carlos Gonçalves (ProEleven), mas o diferendo à volta da saída de Marco Silva já desceu de tom, porque Bruno de Carvalho também consegue ser realista quando é preciso. Carlos Gonçalves representa quatro jogadores da equipa principal do Sporting (Rui Patrício, Ricardo Esgaio, Francisco Geraldes e Jefferson) e outros três da equipa B (Ronaldo Tavares, Guilherme Ramos, e Rafael Barbosa).

Aliás, a situação de Jefferson até pode ajudar uma mão a lavar a outra. O lateral brasileiro é um problema nas mãos de Bruno de Carvalho – Jesus já nem o pode ver, o jogador já não pode ver o treinador – e arranjar-lhe colocação e trazer uns trocos para o Sporting pode ajudar o negócio Eliseu (quiçá com mais um ano de contrato do que o previsto). Aquele episódio de 2015 em Paços de Ferreira nunca passou de peaners, até porque jogador que não aguente enxovalhos não pode ser orientado por Jesus – nem a mãe do açoriano tirou a fotografia do treinador da parede do seu restaurante.

0 comentários:

Popular Posts

Subscrever Newsletter. Recebe Em 1ª Mão Todas Estas Vergonhas!

Número total de visualizações de página

Com tecnologia do Blogger.