O Que Eles Um Dia Não Tiveram Vergonha De Fazer. E Continuam...

30 março, 2017

O Coxo Do Seixal.

em  


Jogadores do Benfica estão fartos de Rui Vitória

Rui Vitória pode ter a renovação prometida – se bem que nunca mais assinada ou, pelo menos, comunicada à CMVM –, mas está longe de ser consensual na Luz, especialmente entre os jogadores. É verdade que, na época passada, por circunstâncias várias e que praticamente lhe caíram do céu, o treinador conseguiu unir o grupo e assim vencer vários jogos e o Campeonato Nacional, sem esquecer o papel determinante daquela mão que embalou o berço do colinho. Mas já nessa altura os resultados foram conseguidos apesar da qualidade dos treinos e não graças a eles.

A grande forma de Gaitán, Jonas e Mitroglou na segunda metade da época passada disfarçou muitos problemas, mas, deste trio, o primeiro partiu para Madrid e o segundo tem tido crónicos problemas físicos. Este ano, Rui Vitória tem sido muitas vezes salvo por Ederson, mas os jogadores sentem-se várias vezes perdidos em campo e queixam-se de não saber o que fazer em diversos momentos do jogo. Isto para além do fraquíssimo aproveitamento (defensivo e, especialmente, ofensivo) nas bolas paradas, já mais do que previsíveis. “Uma nulidade”, ouve-se no Seixal, onde também lhe chamam pejorativamente de coxo, numa referência aos problemas físicos que o levam a mancar cada vez mais, até porque o peso não ajuda.

O desgaste do relacionamento com o plantel faz-se igualmente sentir: Vitória procura uma liderança participativa, ouve os jogadores, raramente se exalta (exceto com os árbitros, no final dos jogos), mas denuncia falta de pulso. Para contrariar isso, tem tentado ser mais vezes duro, o que já lhe valeu dissabores, como uma situação num treino em que, corrigindo o posicionamento defensivo de Luisão, viu o capitão virar-lhe as costas e ignorar o reparo. Outro caso de indisciplina foi protagonizado por André Almeida, cansado das entradas e saídas da equipa e que não ficou sequer muito contente por ser apelidado de “apaga-fogos”. O treinador pediu-lhe mais empenhamento num exercício e ouviu uma resposta lapidar: “Mais do que já dou? É sempre a mesma merda”, disse com mais ou outro impropério. Como tem menos estatuto, foi chamado à atenção por ordem superior depois do treino e o caso foi considerado banal.

Porém, se falar com sinceridade, nenhum jogador do Benfica dirá que não está farto de Rui Vitória, dos treinos com exercícios repetitivos e de não perceber as ideias do técnico para as fases quentes dos jogos. Talvez a exceção seja Zivkovic, que ainda nem entende bem o que se passa à volta e que tem sido repetidamente aposta, apesar de há muito não render o mínimo exigível. E isso também não é bem aceite pelos colegas.

1 comentários:

Anónimo disse...

Obrigado por me terem adicionado, sem que eu tenha feito qualquer pedido para tal, à vossa newsletter. Não sei porque motivo terão pensado que eu teria qualquer tipo de interesse naquilo que escrevem, mas já foi criado o filtro devido que imediatamente a bloqueia e a envia para o lixo, onde certamente se sentirá em casa.

Popular Posts

Subscrever Newsletter. Recebe Em 1ª Mão Todas Estas Vergonhas!

Número total de visualizações de página

Com tecnologia do Blogger.