O Que Eles Um Dia Não Tiveram Vergonha De Fazer. E Continuam...

06 abril, 2017

Ederson e Júlio César Não Se Falam.

em  


Guarda-Redes de Costas Voltadas - A Verdadeira História dos Alegados Irmãos .

Aos 37 anos, os pesadelos de Júlio César já não são dominados por Müller, Klose, Kroos e demais alemães do Mineiraço, a histórica derrota por 7-1 do Brasil na meia-final do Mundial 2014. Agora, o protagonista das noites mal dormidas do guarda-redes do Benfica é mesmo o companheiro de equipa Ederson, que lhe roubou a titularidade, o lugar na seleção brasileira e o mediatismo. Ederson é agora a estrela e a fama subiu-lhe à cabeça – pelo menos, é isso que pensam Júlio César e muitos companheiros. Por isso, tem assumido nos últimos meses alguns tiques de vedetismo, que o veterano não perdoa.

A verdade é que Júlio César e Ederson não se falam socialmente e, no contexto do treino, reduzem a comunicação ao mínimo indispensável. É uma situação que Luís Esteves, o treinador de guarda-redes do Benfica, tem gerido com dificuldade, até porque Júlio César se queixa de um grande foco no trabalho do colega e de estar algo “abandonado”. O ex-Inter de Milão sabe que o futuro é de Ederson, mas sente-se em condições de ainda jogar ao mais alto nível e digeriu mal o facto de Rui Vitória ter travado de forma abrupta a rotação de início da época. Ainda na temporada passada, recorda, era número um indiscutível e elogiado – passar de cavalo para burro é sempre duro.

O treinador tem tentado subtilmente meter água na fervura – e daí a recente declaração de que a seleção do brasil ficaria bem servida com qualquer um dos guardiões, mas a história de serem “irmãos” é fogo de vista para a comunicação social. A alegada química não existe, bem pelo contrário, e Júlio César também não compreende o facto de ter renovado por dois anos em maio do ano passado, com a promessa de Luís Filipe Vieira e de Rui Vitória de que lutaria de igual para igual com o colega. As armas não são iguais, diz, e o vedetismo de Ederson não tem sido contrariado pela estrutura benfiquista, que não poupa a meios para promover o “menino bonito”, que deve sair no final da época. Mas, mesmo que isso se confirme, Júlio César não quer cumprir o ano de contrato que lhe resta: por ele já chega de Benfica.

3 comentários:

Roncôncele disse...

Foi o Júlio ou o César quem te disseram isso tudo?

Jose Sousa disse...

Tretas

Anónimo disse...

LOL http://www.record.pt/jogo-da-vida/detalhe/julio-cesar-e-ederson-em-festa-sertaneja.html

És tu quem inventa estas fábulas, Chico Marques?

Popular Posts

Subscrever Newsletter. Recebe Em 1ª Mão Todas Estas Vergonhas!

Número total de visualizações de página

Com tecnologia do Blogger.